Minha Homenagem: Fire

Quando eu estava iniciando ações para retomar meu sonho de trabalhar com Histórias em Quadrinhos (HQs), comecei a reler e estudar os estilos e personagens do mercado dos ‘comics’.

Parei, pensei: quem ou o que irei desenhar?

Após rever alguns heróis de HQs clássicas, vi na ‘entrelinha’ das imagens uma personagem que não notara antes. Fiz uma breve busca no Google (báááásico) e consegui mais informações sobre aquela personagem feminina.

Seu nome: Fire da Liga da Justiça Internacional. As imagens pareceu-me recentes; mas, ao aprofundar minha busca, descobri que é uma personagem de longa data!

Originalmente chamada de Fúria Verde, foi criada pelo roteirista Edward Nelson e pela desenhista Frandon Ramon em 1979. Sua primeira aparição foi na edição Super Friends #25 em outubro daquele ano. Nesta versão, possuía poderes místicos de controlar a respiração, através dela, lançava uma chama verde, permitindo que ela pudesse voar e pousar como um foguete.

 

GreenFury

Super Friends #25 – out. 1979. Arte: Frandon Ramon

 

Seu nome, fora das atividades de super-heroína, é Beatriz da Costa  era presidente da filial brasileira da empresa Wayne Enterprises (resumindo: ela trabalhava para o Batman e foi treinada por ele).

Posteriormente, tornou-se membro dos Guardiões Globais na luta contra o mal.

Como a maioria dos heróis da DC Comics, após a famosa saga Crise das Infinitas Terras, ela foi repaginada, passou a se chamar Beatriz Bonilla da Costa, sua profissão era de modelo e passou a trabalhar para o sérvio secreto de espionagem brasileiro. Seu codinome mudou também, passando a se chamar Green Flame. Essa transformação foi publicada na série de HQs Origens Secretas (1986 – 1990).

Os tons de verde de seu uniforme permaneceu. Porém, seu visual mudou completamente e muitas vezes durante estas décadas.

 

Green-Fury-Green-Flame-Fire-dc-comics-8306264-500-206

Evolução estética da personagem em 30 anos de publicação da DC Comics.

 

Com a medida em que as publicações foram avançando ao longo deste período, seu nome foi reduzido e passou a ser chamada nas edições de apenas Fire; e seus poderes resumiram-se a chama verde e poder voa. Ao invocar seus super poderes, todo o seu visual se modifica tornando uma imensa flama verde e lançava chamas com gestos manuais semelhantes ao Tocha Humana do Quarteto Fantástico da Marvel Comics.

Pensei comigo: é uma personagem interessante e pouco explora pelos artistas. (isso eu também constatei pela difícil e escassa pesquisa no Google). E decidi: vou criar minha versão para ela!

Observei as suas várias versões, enquanto lia e pesquisava sobre sua história.

 

Justice_League_Generation_Lost_16_Variant

Justice League: Lost Generation #16

 

Encontrei outra versão, esteticamente mais aceitável da personagem, e mais coerente com a realidade.  Foi a versão criada por Bruce Timm para  o desenho animado Liga da Justiça Sem Limites. Série esta que exibem as aventuras da Liga da Justiça Internacional dos quadrinhos da DC Comics. E em alguns de seus episódios ela faz suas aparições. Em particular nos três episódios da animação cujo título é I am Legion, ela está entre os personagem desta história da Liga.

 

Fire_shoots

Green Fire. Versão da série de desenhos animados ‘Justice League Unlimited’ da Warner Bros.

 

Após os estudos preparatórios, com lápis e papel na mão, pus-me a desenhar!

Minha versão mistura a da animação de Bruce Timm com a estética dos quadrinhos  dos anos 80. Até hoje, seu estilo recorda essa época , muito querida para mim, pois relembro de minha infância , o amor pelos desenhos, os quadrinhos, que trago comigo até hoje.

Usei tinta acrílica verde viesse da marca Acrilex para delinear o contorno das suas formas e linhas gerais do corpo. E colori a imagem com aquarela em bisnaga da marca Pentel. Num prato de louça branca, criei uma paleta com 8 tons de verde.

Apliquei na pintura do seu corpo os tons mais secos semelhante aos que Adi Granov usou para colorir a Mulher Hulk; para colorir suas chamas, usei tons de verde mais claros, abertos, criando efeitos de brilho e transparência.

 

greenfire_fan_art

Minha humilde versão e que hoje, depois de 4 anos, eu a desenharia bem diferente!

Se você se interessou por esta personagem, abaixo estão os links das imagens que usei nesta resenha e estas foram também minhas referências de estudo e composição para esta figura:

História da personagem: http://en.wikipedia.org/wiki/Fire_%28comics%29

Primeira versão dela: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/2/2e/GreenFury.jpg

Trecho de um episódio da série animada onde ela aparece: https://www.youtube.com/watch?v=vT8WGx-RfgA

Endereço da web onde encontrei sua evolução estética desta personagem e onde você poderá encontrar de outros personagens da DC Comics: http://www.fanpop.com/clubs/dc-comics/images/8306264/title/green-fury-green-flame-fire-fanart 

Referências visuais:

http://dc.wikia.com/wiki/Justice_League:_Generation_Lost_Vol_1_16

http://dcanimated.wikia.com/wiki/Fire

Advertisements

One thought on “Minha Homenagem: Fire

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s